Hipermetropia

A hipermetropia é exactamente o oposto da miopia. Ou seja, é uma alteração visual causada pelo deslocamento do ponto de focagem provocando a não nitidez das imagens quando olhamos para perto. Nestes casos, as imagens forma-se depois da retina.

As duas principais razões para que tal aconteça são o diâmetro do olho ser demasiado curto, ou então o poder refractivo do cristalino ou da córnea ser demasiado fraco. Na maioria das pessoas, ser hipermetrope é uma característica que lhes foi herdada geneticamente, e que se apresenta na infância, muitas vezes, com dores de cabeça.

Actualmente, a hipermetropia pode ser corrigida com o uso de óculos, lentes de contacto, ou com cirurgia intra-ocular. Estas diferentes modalidades de tratamento adaptam-se a diferentes tipos de pacientes e a diferentes tipos de erro de refracção. No entanto, o método que proporciona uma maior satisfação, um maior grau de conforto e de maior liberdade visual à maioria das pessoas é a cirurgia de correcção por Laser.